domingo, 19 de março de 2017

OS HOMENS MUÇULMANOS E ISLÂMICOS SÃO FILHOS DO DEMÔNIO?

Odeio todos os muçulmanos e islâmicos pois eles são satânicos, monstros... Homens sem lei, sem coração; isentos de sentimento. Já nascem para destruir a mulher. Eu sou totalmente contra a morte de uma mosca... Mas, uma mulher, é monstruoso demais. ao meu ver deveriam jogar uma bomba, naquele pedaço de mundo e acabar com todos.
Recentemente no Iraque 19 meninas yazidi foram colocadas em jaulas de ferro e queimadas vivas, na frente de uma multidão de centenas de pessoas, por se recusarem a ter relações sexuais com os jihadistas.
  • "As mulheres religiosas pertencentes às minorias controladas pelo EI (Estado Islâmico) são frequentemente vendidas repetidamente de um jihadista a outro. Quando os militantes se cansam de estuprar e abusar de uma determinada menina, eles normalmente a vendem a um dos seus grupos filiados para que eles possam estuprar e abusar dela ao seu bel prazer". — Samuel Smith, The Christian Post.
  • Depois que seus filhos foram raptados pelo Estado Islâmico, o casal atendeu à porta e se deparou com partes dos corpos das suas filhas e um vídeo delas sendo torturadas e estupradas.
  • "Meninas cristãs são consideradas bens a serem arruinados ao bel prazer. Abusar delas é um direito. De acordo com a mentalidade da comunidade não é sequer crime. Os muçulmanos as consideram espólio de guerra". — Residentes locais, Paquistão.
A Lei Islâmica (Sharia), sempre severa, é mais severa ainda com as mulheres. De acordo com o Alcorão, os homens têm a "autoridade" sobre as mulheres e têm o direito de espancá-las se elas forem "desobedientes" (4:34). Segundo Maomé, profeta do Islã, as mulheres são menos inteligentes do que os homens — o testemunho de um homem equivale ao testemunho de duas mulheres — e a maior parte da população do inferno é composta de mulheres, que se assemelham aos burros e cachorros quanto à habilidade de desviar a atenção do homem da reza, consequentemente anulando-a.
Qual é afinal a visão do Islã em relação às mulheres que são "infiéis"? Na melhor das hipóteses elas "em primeiro lugar servem para dar prazer aos homens muçulmanos", conforme enfatizou um muçulmano a um grupo de meninas cristãs, ainda bem jovens, no Paquistão antes aterrorizá-las e assassinar uma delas. No Alcorão, (acesse 04:24), as mulheres não muçulmanas capturadas numa jihad podem ser compradas e vendidas como escravas sexuais a homens muçulmanos, conforme tem feito o Estado Islâmico.
Emily Fuentes, diretora de comunicações da Open Doors, uma organização de direitos humanos que defende cristãos perseguidos, salientou:
Lamentavelmente um número cada vez maior de mulheres é alvo de grupos terroristas (muçulmanos). Sabe-se que ocorreram inúmeros incidentes internacionais de mulheres que foram sequestradas, estupradas e forçadas a se converterem do cristianismo ao Islã por grupos extremistas radicais... Muitas também são vendidas no mercado aberto. Essa crueldade não está ocorrendo somente no Oriente Médio, mas também na África e em muitos outros lugares. Em muitos destes países, as mulheres estão sujeitas à perseguição,porque são consideradas cidadãs de segunda classe por causa de seu gênero. Sendo minoria tanto quanto ao gênero quanto à religião, as mulheres cristãs enfrentam dupla perseguição. Não temos um número exato, mas sabemos que milhões de mulheres estão sendo perseguidas... Nestes países dominados pelos muçulmanos, as mulheres cristãs são sistematicamente privadas de sua liberdade de viver e a elas são negadas as necessidades humanas básicas.
As mulheres cristãs estão duplamente condenadas: não são aceitas por serem mulheres e também não como não muçulmanas "infiéis, fica claro a partir daí o porquê delas serem alvo do abuso islâmico.
A esta altura, o tormento das não muçulmanas que estão nas garras do ISIS é bem conhecido. Desde a conquista de Mossul em junho de 2014, o número de meninas não muçulmanas em cativeiro que foram assassinadas pelo califado pode chegar a 250 (principalmente yazidis e cristãs) por se recusarem a serem escravas sexuais. Mais recentemente, 19 meninas yazidi foram colocadas em jaulas de ferro e queimadas vivas na frente de uma multidão de centenas de pessoas, por se recusarem a ter relações sexuais com os jihadistas.
De acordo com um relatório que apareceu um dia depois que a Open Doors destacou a situação das mulheres não muçulmanas:
As mulheres religiosas pertencentes às minorias controladas pelo Estado Islâmico são frequentemente vendidas repetidamente de um jihadista a outro. Quando os militantes se cansam de estuprar e abusar de uma determinada menina, eles normalmente a vendem a um dos seus grupos filiados para que eles possam estuprar e abusar dela ao seu bel prazer.
Uma menina yazidi explicou como"ela foi comprada e vendida por oito jihadistas diferentes... Fomos colocadas em exibição (em mercados de escravas sexuais). Homens chegavam e ficavam olhando para nós como se fossemos mercadoria. Era como se fosse um showroom de automóveis... As mulheres eram compradas por dinheiro vivo — apenas $20 ou então trocadas por objetos como telefones celulares ou oferecidas como presente".
Ela foi estuprada pelo menos três vezes por dia por mais de 16 meses por inúmeros combatentes do ISIS, foi forçada a tomar anticoncepcionais e drogas para induzir o aborto, ela tentou repetidamente cometer suicídio para escapar do abuso. Sua história é o padrão e foi contada por muitas meninas não muçulmanas que conseguiram fugir.

Outros relatos recentes falam de "uma menina de 8 anos de idade que também foi comprada, vendida e estuprada por oito militantes diferentes em um espaço de 10 meses", de outra "escrava sexual que ateou fogo em si própria para evitar ser estuprada", de um casal que, depois que seus filhos foram raptados pelos ISIS, atendeu à porta e se deparou com um saco plástico contendo as partes dos corpos das suas filhas e um vídeo delas sendo torturadas e estupradas e de mulheres cristãs e alauitas sendo estupradas e massacradas pelos jihadistas do ISIS que invadiram seu vilarejo.
No entanto esse tipo de abuso islâmico de mulheres não se limita a grupos como ISIS ou Boko Haram — organização radicada na Nigéria que também se define em termos exclusivamente islâmicos, é notória por sequestrar, escravizar, estuprar e assassinar meninas cristãs. Aproximadamente 700 meninas cristãs e 300 hindus são raptadas, escravizadas e estupradas no Paquistão a cada ano. São números extremamente altos, considerando-se que os cristãos e hindus compõem cada um apenas 1% da população de maioria muçulmana do país.
Apenas quatro dias depois da Open Doors denunciar o sofrimento das mulheres cristãs, dois homens muçulmanos no Paquistão invadiram a casa de uma mulher cristã enquanto o marido servia o exército. Eles a amarraram e abusaram dela em um estupro coletivo ao mesmo tempo em que ameaçavam matar sua filha de 2 anos se ela não concordasse. De acordo com a mulher de 30 anos:
"Os homens me trataram como se eu fosse um animal, dizendo que eu era uma cristã inútil... Disseram que todas as mulheres cristãs são prostitutas e que voltariam e repetiriam a devassidão se eu contasse a alguém o que tinha acontecido".
Por ela ser mulher e infiel em uma nação de maioria muçulmana, a polícia e a lei nada fizeram por ela. Naquela semana, mais cinco meninas cristãs foram sequestradas, convertidas ao Islã e forçadas a se casarem com seus sequestradores.
Há inúmeros exemplos de estupro e, por vezes, assassinatos de meninas cristãs — e às vezes de meninos cristãos — no Paquistão. Depois que uma menina cristã de 9 anos foi estuprada por um muçulmano, ele se gabava de ter "feito a mesma coisa com outras meninas cristãs", segundo explicaram os moradores locais:
"Esse tipo de incidente ocorre com frequência. Meninas cristãs são consideradas bens a serem arruinados ao bel prazer. Abusar delas é um direito. De acordo com a mentalidade da comunidade (muçulmana) não é sequer crime. Os muçulmanos as consideram espólio de guerra."
Uma situação semelhante acontece no Egito. Em julho de 2012 o congressista americano Chris testemunhou acerca da "escalada de sequestros, conversões e casamentos forçados de mulheres e meninas cristãs coptas. Elas estão sendo aterrorizadas e, consequentemente, marginalizadas".

O já falecido e muitas vezes diplomático Papa Copta Shenouda III, líder da comunidade cristã do Egito, ressaltou essa tendência já em 1976: "há uma prática de converter meninas coptas para que abracem o Islã e casem com muçulmanos sob ameaças terroristas". Somente entre 2008 e 2013, foram documentados no Egito cerca de 600 casos de sequestro, estupro e conversão forçada de mulheres cristãs. Desde então a situação só piorou, conforme mostra o título de um relatório de 2012: "Salto Dramático no Número de Sequestros e Conversões Forçadas de Mulheres Cristãs Coptas no Egito".

De um lado as jovens são visadas sexualmente, de outro, as mais velhas, são humilhadas sexualmente. Em 20 de maio, no Egito, foram arrancadas as roupas de uma cristã de 70 anos, ela ficou completamente nua, cuspiram nela, desfilaram com ela pelas ruas de Minya sob vaias, assobios e gritos de "Allahu Akbar" ("Deus é Grande") de uma furiosa multidão muçulmana.

Dois dias antes da publicação do relatório da Open Doors, muçulmanos em Uganda espancaram e estupraram uma cristã de 22 anos porque ela acusou o dirigente de uma mesquita de assassinar seu pai em virtude de uma discussão religiosa. No mês anterior, a filha de 13 anos de uma mulher que deixou o Islã e se converteu ao cristianismo, foi estuprada por muçulmanos locais que lhe disseram: "este é o segundo aviso a sua mãe por desonrar a fé dos muçulmanos".

Vale a pena lembrar que mesmo na Europa, são as mulheres autóctones que mais sofrem com o fluxo de migrantes muçulmanos. O número de ataques sexuais e estupros, exponencialmente mais altos, está sendo cometido na mesma linha da lógica usada pelo Estado Islâmico ou no Paquistão. Nas palavras de um migrante muçulmano que se encontra na Alemanha que perseguiu, amaldiçoou e acariciou impositivamente uma mulher: "as mulheres alemãs estão aí para o sexo."

Uma importante observação final: apesar das mulheres não muçulmanas serem mais visadas do que os homens não muçulmanos para fins sexuais, isso não significa que eles são menos visados do que as mulheres quando se trata de perseguição muçulmana não ligada ao sexo, como por exemplo nos casos de ataques contra "blasfemos" e "apóstatas".

 Cavalheirismo é um conceito bizarro para o Islã, quando se trata de aterrorizar e colocar os infiéis em seu devido lugar, a religião de Maomé é estritamente igualitária. No Paquistão, por exemplo, o caso mais notório de blasfêmia envolve a cristã Asia Bibi, que está presa, no corredor da morte, desde 2009, além de um casal cristão acusado de profanar um livro do Alcorão, tanto o marido quanto a esposa foram queimados vivos. Os relatos mais recentes que vieram à tona no mesmo período em que a Open Doors destacou a situação das mulheres cristãs são os seguintes:

Indonésia: no que foi descrito como "o uso sem precedentes da Lei Islâmica (Sharia) contra um não muçulmano", uma mulher cristã de 60 anos de idade foi açoitada publicamente com uma vara 30 vezes por vender bebida alcoólica.

Estado Islâmico: uma mulher cristã foi executada por militantes islâmicos por se recusar a negar sua fé em Cristo. O ISIS também ameaçou um grupo de freiras dominicanas, exigindo que elas se convertessem ao Islã ou pagassem a jizya, tributo (baseado no Alcorão 09:29). "As irmãs idosas fugiram e começaram a sofrer ataques cardíacos e insuficiências cardíacas em virtude do stress do êxodo em massa. Nos últimos 18 meses, 23 morreram, às vezes até três mortes por semana. Elas morreram de desgosto, ressaltou a Irmã Huda."Uganda: um homem muçulmano estrangulou a esposa até a morte por ela ter deixado o Islã e se convertido ao cristianismo. Outro muçulmano espancou e ameaçou matar a esposa enquanto gritava "Allahu Akbar" também por ela ter se convertido ao cristianismo.

É muito difícil se ouvir o contrário, uma mulher muçulmana matar o marido por causa de apostasia, isso devido à falta de autoridade que as mulheres têm no mundo muçulmano.
Mulher alguma iria querer ser uma mulher no Islã porque aquele pedaço do mundo é o próprio inferno. Nós todos nascemos para ser livres e donos de nós mesmos. Nos dias de hoje, ser uma mulher casta, de respeito é pior que ser uma prostituta pois nos países latinos às mulheres são piores que prostitutas. Como podemos querer, desejar a igualdade entre homens e mulheres pois, ao meu ver, eles estão em pé de igualdade.



JUSSARA SARTORI
Scrittrice, Poetessa & Freelance

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

NASCOSTA DA ME STESSA




Non so come mi rivolgo a me dentro e fuori e comunque cercare di aiutare altre donne che non possono lasciare il dolore, è stato così crudele. Il mio bambino e dell'adolescente mondo era una favola eterna, per viveva situata sulla cima di una montagna di racconti, fantasie che mi hanno fatto ritardare la lettura e chiedo quei principi bello (più bella dentro che fuori ... è stato meraviglioso! )


 Così sono cresciuto pensando che la vita stessa era una favola meravigliosa, dove la gioia e la felicità prevalso. Che orribile errore! Mio figlio, ancora piuttosto piccolo, mi ha detto: - Mamma, cominciamo a morire quando è nato. Ho pensato e ripensato quello che lui mi aveva detto e ho visto che aveva ragione.

 
Anche se reguemos, come un fiore, con prodotti a base di piante naturali e frutta mantenere la freschezza di una vita che ci ha dato la gioia spirituale e un modo meno brusco di guardare alle armi che Dio mette nelle nostre mani in modo che possiamo combattere mostri disgustosi che spesso appaiono davanti a noi per pura malvagità del demonio.Ancora una volta, il mio piccolo figlio mi ha visto piangere e mi ha chiesto:


 - Perché piangere, mamma? Io gli risposi:- Per Dio ascolta tutte le persone e sembra far finta che non esista.Con poca voce è molto piccola del bambino, ma sembrava avere più esperienza di me, mi ha detto: - Non essere triste! Hai visto quante persone hanno in tutto il mondo? Se Avrebbe soddisfare tutte le richieste in una volta, non sarebbe conto di tutti hanno problemi, grandi o piccole, come la vostra .... ho tenuto la piccola cosa così bella, a dirmi le cose in modo saggio che da quel giorno in poi, ho cercato fermarmi davanti a lui

.La genetica e la crudeltà accelerata che il mondo corre rende i nostri precetti diventano pregiudizi perché oggi non c'è più amicizia, l'onestà, la grandezza del cuore, la purezza dei sentimenti. Se è stato creato i vostri figli all'interno di questo schema, avere un modo per modificarli in modo che esso non è tassato, spesso dalle loro stesse famiglie di gay e molti altri aggettivi con lo stesso significato.Oggi si deve insegnare loro s si difendono non credere in quasi nessuno, in modo che possano difendere e diventare grande, come gli antichi dei greci.

 Oggi l'amore è conservato all'interno. Quel granello di sabbia, che sfuggito un'increspatura, è sceso ben al dime. Ora è chiuso come un'ostrica; So solo la luminosità e il valore che ha per me.L'aspetto e hanno cercato aiuto alle donne in queste migliaia di uomini sparsi. Hanno visto le donne che vivono i membri AUCAIDA? Non so, perché sono creature oggetto di piacere ... Un piacere che provoca disgusto, deprime, ci fa sentire disgusto.

 Posso dirvi solo che il mondo si sta allontanando.Un altro giorno nella città di Carmo da Mata, un uomo che viveva con una donna ha avuto il coraggio di seppellire il suo "vivere" figliastra perché il autopcia consisteva terra nei polmoni. "La sua concubina aveva tutto il collo viola (che aveva provato strangolarla e, mi scusi, ma questa donna non ama la propria vita.Un'altra donna, sposata con il console greco, aveva un amante soldato irrisorio. Hanno avuto il coraggio di uccidere te, che le ha dato una vita della regina ...


 
Certo .... scambi di una console uomo così orribile?Dei nuovi casi, ha ancora il caso della donna che massacrato il marito ancora in vita, di stare con i suoi soldi solo per lei. Come si può dedurre, ci sono donne "male" come gli uomini ...


 Ma quando entreremo in un accordo? Quando ci sarà "L'UOMO E LA DONNA uguaglianza" Suppongo di no. Come la paura corrode l'anima e il coraggio delle donne?E il mio granello di sabbia sarà sempre chiusa dentro di me, sempre più lucido con amore da cuore.

 Prima ho dovuto condividere con la mia uguaglianza dubbi che scrive esattamente sullo stesso argomento ho, ma sembra essere stato rapito nel buco nero.Noi esseri umani sono lucidati con difetti e qualità, imparando a pietra loro, lasciando da parte i difetti. Ma chi pensa correttamente, se i genitori oggi non rafforzano i vostri figli, o viceversa. Perché offuscare la propria immagine, incarnata da Dio; che tutto vede, ma, come me, si potrebbe essere troppo stanco e triste, con il mondo.
RIPORTAGGIO DI:
JUSSARA SARTORI
SCRITTRICE, POETESSA & FREELANCE 


ESCONDIDA DENTRO DE MIM MESMA


Nem sei como fui me virar do avesso e, mesmo assim, tentar ajudar outras mulheres que não conseguem abandonar a dor, de tão cruel ela foi. Meu mundo infantil e adolescente foi um eterno conto de fadas, pois vivia deitada em cima de uma montanha de contos, fantasias que me faziam atrasar a leitura e ficar imaginando àqueles príncipes lindos (mais lindos por dentro que por fora... Era maravilhoso!)

Assim fui crescendo, pensando que a vida em si era uma fábula maravilhosa, onde a alegria e a felicidade predominavam. Que erro hediondo! Meu filho, ainda bem pequeno, dizia a mim: - Mamãe, nós começamos a morrer quando nascemos. Pensei e repensei no que ele havia me falado e vi que tinha razão.

 Mesmo que nos reguemos, como uma flor, com produtos fabricados com plantas e frutos naturais, conservamos o frescor de uma vida que nos deu alegria espiritual e uma maneira menos brusca de encarar ás armas que Deus nos coloca nas mãos para que possamos lutar contra os monstros asquerosos que, muitas vezes, nos aparecem à nossa frente por pura maldade do demônio.
Outra vez, meu filhinho me viu chorando e  me perguntou: - Por que chora, mamãe? Eu lhe respondi:
- Porque Deus escuta  todas às pessoas e parece fingir que não existo.

Com sua vozinha de criança muito pequena mas, parecendo ter mais vivência que eu, respondeu-me: - Não fique triste! Já viu quantas pessoas têm no mundo? Se Ele fosse atender todos os pedidos de uma só vez, não daria conta pois todos tem problemas, pequenos ou grandes como o seu.... Abracei aquela coisinha tão linda, a me dizer coisas tão sábias que, daquele dia em diante, procurei me conter à sua frente.

A genética e  a crueldade acelerada que o mundo corre faz com que nossos preceitos se tornem preconceitos porque hoje não existe mais amizade, honestidade, grandeza de coração, pureza de sentimentos. Se você criou seus filhos dentro deste esquema, dê um jeito de modificá-los para que ele não seja taxado, muitas vezes por sua própria família de gay,  e muitos outros adjetivos com o mesmo significado.

Hoje você tem que ensiná-los s se defenderem, não acreditarem em quase ninguém, para que possam de defender e se tornar grande, como os antigos deuses gregos. Hoje em dia o amor está bem guardado dentro de mim. Aquele grãozinho de areia, que escapou de uma marola, caiu bem dentro de
mim. Agora está fechado como uma ostra; só eu sei o brilho e o valor que ele tem para mim.

Quanto procuro e tenho procurado ajudar mulheres destes milhares de homens espalhados por aí. Já viram as mulheres que vivem os membros da ALCAIDA? Não sabem, porque elas são meros objetos de prazer... Um prazer que causa nojo, deprime, nos faz sentir asco. Só posso lhes dizer que o mundo está retrocedendo.

Outro dia, na cidade de Carmo da Mata, um homem que vivia com uma mulher teve a coragem de enterrar sua enteada "viva", pois na autópcia constou terra em seus pulmões ". A sua concubina tinha o pescoço todo roxo (ele havia tentado esganá-la e, desculpem-me, mas esta mulher não tem amor à sua própria vida.

Outra mulher, casada com o Cônsul Grego, tinha como amante um reles soldado. Eles tiveram a coragem de matar o senhor, que dava a ela uma vida de rainha...
 Convenhamos.... Trocas um Cônsul por homem horrível como aquele?

Dos casos mais novos, ainda tem o caso da mulher que esquartejou o marido ainda vivo, para ficar com o dinheiro dele só para ela. Como podem deduzir, existem mulheres "Malévolas" como os homens... Mas quando entraremos em um acordo? Quando existirá " IGUALDADE ENTRE HOMEM E MULHER" Suponho que nunca. Como o medo corrói a alma e a coragem das mulheres?

E o meu grãozinho de areia ficará sempre fechado dentro de mim, sempre mais lapidado com amor pelo coração. Antes eu tinha com que dividir minhas dúvidas de igualdade com quem escreve exatamente sobre o mesmo assunto que eu, mas parece que ele foi abduzido para dentro do buraco negro.

Nós, humanos, somos lapidados com defeitos e qualidades, aprendendo a lapidá-las, deixando de lado os defeitos. Mas quem pensa corretamente, se os próprios pais de hoje não amparam seus filhos ou, vice versa. Por que denegrir sua própria imagem, materializada por Deus; aquele que tudo vê mas, como eu, talvez esteja cansado e triste demais com o mundo.
  

Texto de: JUSSARA SARTORI
Escritora, poetisa & Freelance





domingo, 8 de janeiro de 2017

SPERANZE ATTUALI, SOGNI IRRAGGIUNGIBILI, VERITÀ ETTICHETATTI SOGNI PIENI INCUBI, GENTILEZZA MAI

Speranze attuali, sogni irraggiungibili, verità etichettati menzogne, sogni pieni incubi, gentilezza massacrati dalla mediocrità degli uomini, la purezza di pensiero viene sporcata da uomini che solo pensare, sempre più, denigrare il sacra immagine di donne, uomini menti deteriorate distruggersi a vicenda, i paesi esaurendo la mancanza del socialismo e della cultura, le donne ei bambini sempre senza armi per difendersi, senza essere in grado di avere una vita più giusta, essere costretti, nei paesi islamici di usare inadeguata clima abbigliamento molto caldo, inducendoli a mantenere cattivi odori a causa del tessuto grottesca; nascondere i loro corpi formose e lasciando solo la proiezione occhi.

 Purtroppo il mondo sta regredendo per secoli e secoli fa, quando gli uomini vivevano nelle caverne e aveva l'aspetto un po 'animale, trattati loro donne come animali, trascinandoli per i capelli ...Purtroppo stiamo andando indietro nel tempo. Gli uomini sono ancora più irrazionale di prima. Le culture mescolate che mostra il vero carattere del maschio indomito, corrotti dai culti demoniaci che chiamano la religione.Essi mostrano al mondo il tuo Bibbia è semplicemente un compendio che insegna come uccidere la gente e spopolare il mondo, tirandolo con tutta la ferocia di un nascere di un utero di una donna immacolata.

 Nei paesi più sviluppati le donne sono cambiate, in modo significativo, il loro modo di interagire con la violenza: - Stanno uccidendo i loro uomini con la stessa spietatezza con cui agiscono.Ecco dove sono io, circa due mesi fa, il compagno di una donna uccisa sua figlia, appena cinque anni, seppellendo viva (è stata trovata da riscontrata autopsia che atterrare i polmoni).L'ambasciatore greco trovato morto a Rio de Janeiro è stato assassinato dalla moglie e il suo amante, un semplice soldato.Un'altra donna uccisa il marito e poi squartato.

 Molti uomini fanno questo e molto peggio perché le donne di tortura in tutti i modi possibili, prendere la sua verginità e poi andare distruggere con perversione brutale, molto peggio la fauna selvatica.Le donne di poca istruzione e nessun mezzo per difendersi, nascondono le loro cicatrici emotive e fisiche di paura o vergogna. Già così mi è stato mai nella vita, ma ha deciso di isolarmi, cercando di aiutare le donne con scarse possibilità di difendersi ...

 Ma ho perso il mio tempo e continuo a perdere perché la sua debolezza è tale che nasconde dentro di sé; ciò che è sbagliato, perché in questo modo nessuno li può aiutare. Forse si può anche morire per nascondere ciò che va in giro ... Mi chiedo perché lo fanno. L'amore per un mostro torturatore? Irricevibili, perché siamo nati per essere felici. Spesso, gli uomini che non conosciamo noi inviamo virus pornografico al nostro computer, laptop, cellulare, per noi di essere triste, senza messa a terra e senza un amore che ci può dare un abbraccio, un bacio dolce e dire che ci ami così tanto.

 Ma ci lascia in una situazione imbarazzante perché, uomini di verità, ci sono pochi e ed estinzione. Questo è accaduto a me la settimana scorsa. Mi ha fatto capire che l'amore è necessario, per avere affetto che va amata con un angelo sarebbe bello .... Ma dov'è il mio angelo, il mio amore, compagno per tutte le ore; che mi ama e baciami come se fossi davvero un angelo, perché è così che mi sento. Ma l'uomo è cattivo, non capisce la sua purezza e non prestare attenzione alla purezza del suo carattere.E 'triste il mio amore sempre vivo la mia schiena; ma è il mio destino chiedere aiuto e di essere un Fantasma filatura nel mondo.



TESTO DI: JUSSARA SARTORI
Scrittrici, Pooetessa & Freelancer.